Pare e aprenda: o que a técnica SMART pode fazer pelo seu negócio?

Definir metas de sucesso é das principais tarefas para a liderança de qualquer empresa. Assim é possível manter todos os funcionários mais alinhados e comprometidos com os resultados do negócio. Para isso, é importante usar a técnica SMART.

O nome SMART vem de um acrônimo de cinco palavras em inglês, são elas: specific, measurable, attainable, relevant e time-based. Em português, essas palavras podem ser compreendidas como: específica, mensurável, alcançável, relevante e temporal. Neste artigo, definimos com detalhes cada uma dessas partes da técnica.

No post de hoje, vamos aprofundar mais um pouco todos os conceitos, traçando um passo a passo para definir sua meta SMART em específico, além de entender como ela pode contribuir para o sucesso do seu negócio. Acompanhe!

 

Técnica SMART: o que se deve considerar

 

Primeiro, é importante entender a diferença de objetivo e meta. Objetivos são mais amplos e complexos, geralmente de longo prazo. Metas são mais específicas e de curto prazo, funcionando muitas vezes como um passo a passo para se chegar aos objetivos.

Além disso, também é importante entender que toda meta deve ser desenvolvida com base em dados reais do empreendimento e do mercado. Então sempre busque dados atuais e realistas para criar metas que sejam alcançáveis.

Uma meta SMART possui vários benefícios, contribuindo especialmente para sintonizar a equipe de trabalho, focar no que é realmente importante, mitigar possíveis despesas e maximizar os resultados da empresa.

 

Baixe pontomais 2019

Técnica SMART: exemplos práticos

 

Como já dito, existem cinco principais características para desenvolver uma meta de sucesso. Veja agora como trabalhar cada uma delas:

 

Specific (Específica)

 

Uma meta deve ser clara o suficiente para que todos os colaboradores entendam. Quanto mais detalhada for a meta, melhor para os envolvidos. Então defina com clareza: o que, como, quando e por quem cada tarefa deve ser feita.

 

Measurable (Mensurável)

 

Uma meta mensurável é aquela possível de medir em termos financeiros ou de resultados. Para definir uma meta com essa característica, é importante estabelecer os números a serem alcançados ou definir bons indicadores-chave de desempenho.

 

Attainable (Alcançável)

 

Se uma meta não for entendida como alcançável, é provável que nenhum funcionário tenha interesse em sua execução. Por isso, é importante desenvolver metas com base nos resultados já atingidos pela empresa ou pelos seus funcionários.

 

Relevant (Relevante)

 

É importante que a meta seja realmente relevante para o crescimento da companhia. Se não for assim, é melhor que ela nem seja criada. Cada meta deve ser um passo considerável rumo aos objetivos maiores desejados pelo negócio.

 

Time-based (Temporal)

 

Toda meta deve ser temporal, ou melhor, ter um prazo certo para o seu alcance. Quando isso não acontece, é provável que ela caia no esquecimento da equipe de trabalho. Por isso, defina suas metas de prazos pequenos, de preferência mensal.

Essas são as principais características. Além de tudo, é importante considerar a tecnologia nesse processo. Imagine que, por exemplo, sua meta seja mitigar o número de faltas. Nesse caso, um sistema de ponto eletrônico pode ser um importante aliado, facilitando o cálculo das faltas e definição de bons indicadores de desempenho.

Agora que já sabe o que é a técnica SMART, aproveite para saber como podemos ajudar seu negócio de forma específica. Entre em contato com a nossa empresa e entenda como aplicar diretamente em sua companhia.

 

Teste gratis pontomais 2019