CONTRATE AGORA EXPERIMENTE GRÁTIS

Método SMART: Como criar metas efetivas?

Criar metas é o primeiro passo para conquistar qualquer objetivo, disso todos nós já sabemos. Mas você sabia que metas pobres podem ser um verdadeiro tiro no pé para a empresa? Sim, o gestor é responsável pelos números estipulados e caminhos traçados e se fizer isso de qualquer maneira, sem ter como base a informação, certamente enfrentará uma série de dificuldades.

Para começar, metas fáceis ou difíceis demais certamente desestimularão os colaboradores, além disso, elas não corresponderão com as reais ambições da empresa, nem com a sua atual conjuntura.

Em outras palavras, estamos falando sobre metas fora da realidade. Para combater esse problema, o ideal é estabelecer as metas pelo método SMART. Quer conhecê-lo? Então acompanhe o post de hoje!

 

Um método inteligente para criar metas

 

O nome do método sugere um padrão de inteligência para as suas metas. SMART, que significa inteligente, funciona como uma sigla que contêm todos os elementos que devem estar presentes em uma meta realmente eficaz e estimulante para os colaboradores.

Essa é a forma definitiva para criar metas, pois respeita todas as singularidades da empresa. Basicamente, toda meta precisa ser:

 

  • Específica (Specific);
  • Mensurável (Measurable);
  • Atingível (Attainable);
  • Relevante (Relevant);
  • Temporal (Time-based).

 

A seguir, vamos destrinchar cada um desses elementos, mostrando a sua importância, então continue acompanhando!

 

Desempenho para RH 2019

Específica

 

Primeiro, temos que a meta precisa ter especificidade. Basicamente, estamos falando de dados e números certos, que possam ser compreendidos por todos. Não adianta, portanto, dizer que se pretende aumentar as vendas, é preciso definir a quantidade certa para esse aumento.

 

Mensurável

 

Além disso, para cada meta estabelecida pela empresa, é preciso definir claramente um indicador para acompanhá-la. Essa é a única forma para realizarmos o monitoramento dos resultados da empresa.

Então, se pretendemos aumentar o número de vendas por vendedor, por exemplo, devemos acompanhar o ticket médio. Se o objetivo é melhorar o retorno financeiro de uma campanha de marketing, então devemos monitorar o ROI (Return On Investiment).

 

Atingível

 

Como vimos, é fundamental que as metas estejam dentro da realidade da empresa. Os resultados precisam ser atingíveis, caso contrário, os colaboradores certamente se sentirão desestimulados a perseguir os objetivos da empresa.

Para que uma meta seja atingível, basta que ela esteja dentro da realidade da organização. Para isso, precisamos acompanhar o histórico de vendas da empresa e compará-lo com cenários estabelecidos por instituições e especialistas, principalmente da área econômica.

Relevante

 

Uma meta relevante é aquela que ajuda a empresa a perseguir sua visão de negócio. A visão nada mais é do que a ambição da empresa, ou seja, como ela se enxerga no futuro, em qual patamar pretende se encontrar.

Ao criar uma meta, portanto, é preciso verificar essa compatibilidade, além de avaliar se ela é coerente com o planejamento estratégico do negócio.

Temporal

 

Por fim, temos a questão da temporalidade. É fundamental definirmos um prazo para a conclusão de qualquer meta, pois, caso isso não aconteça, existe um risco muito grande de o gestor e os colaboradores não darem a prioridade devida a ela. Além disso, a temporalidade também é fundamental para o monitoramento.

Gostou do nosso post de hoje? Já conhecia o método SMART para criar metas? Acompanhe nossa página do Facebook e não perca nossas atualizações!

A Pontomais é líder no mercado de Controle de Ponto e Gestão de Jornada. São mais de 6.500 empresas e 130.000 usuários em toda América Latina. Uma plataforma simples, econômica e segura. Assim, sendo a solução mais moderna e inovadora para diminuir os processos burocráticos. Portanto, assegurando que as empresas estejam DENTRO DA LEI.

 

Teste Pontomais 2019


WhatsApp Logo

Privacy Preference Center