CONTRATE AGORA EXPERIMENTE GRÁTIS

Gestão de turnos na indústria: fique por dentro das principais práticas

Compor uma escala de trabalho eficiente é uma atividade muito mais importante do que se imagina, especialmente em empresas que não podem interromper a produção. Envolve fatores econômicos, operacionais, políticos, jurídicos e sociais. Além disso, erros na escala podem levar a problemas de saúde e segurança do trabalho. Por essas razões, a gestão de turnos na indústria merece atenção especial.

O trabalho visa atender às necessidades de produção e comercialização das organizações, aproveitando todo o seu capital humano, infraestrutura e matéria-prima de maneira inteligente. No artigo de hoje, você vai conhecer um pouco mais dessa função e descobrir as melhores práticas para organizar as escalas. Confira!

O que é a gestão de turnos na indústria?

A gestão de turnos na indústria, como já adiantamos, consiste em utilizar as escalas de trabalho para um melhor aproveitamento dos recursos de uma organização.

Basicamente, os turnos são divididos em quatro tipos:

  • matutino;
  • vespertino;
  • noturno;
  • administrativo.

Quando há necessidade de se ter uma produção sem interrupções, funcionando durante 24 horas, é possível organizar as escalas de trabalho de duas formas:

  • revezadas;
  • fixas.

Sendo que os turnos com revezamento, como o próprio nome sugere, compreendem a alternância de horários. Já os fixos ocorrem quando é estabelecido o período da jornada. E saber qual o tipo mais adequado para a sua indústria faz uma grande diferença nos custos operacionais da empresa.

 

Pontomais 2019

 

Quais são os principais tipos de indústria?

As indústrias são classificadas conforme a função. Veja as principais:

  • germinativas: as que geram o aparecimento de outras indústrias, como a petroquímica;
  • de ponta: compreendem as indústrias de elevado padrão tecnológico, como as do setor automobilístico.
  • tradicionais: indústrias derivadas de investimentos familiares, como as têxteis, muito comuns no sul do Brasil;
  • bens intermediários: são indústrias que fabricam produtos que são utilizados como matéria-prima para outras fábricas, como a celulose;
  • de bens de consumo: voltadas para a produção de mercadorias para o consumidor, como os eletrodomésticos, alimentos e veículos.

Quais são as melhores práticas de gestão de turno nesses setores?

Seja qual for o setor de atuação da indústria, algumas práticas são fundamentais para assegurar uma escala de trabalho inteligente, organizada e segura. Confira as três sugestões que separamos especialmente para você!

Respeite a legislação vigente

A função de gerir as escalas de trabalho de uma indústria é bastante complexa e exige muito estudo para assegurar que os limites legais sejam respeitados. Nesse sentido, é necessário estar sempre de olho na CLT, nas convenções coletivas e demais orientações do sindicato ao qual a sua indústria pertence.

Aposte em soluções tecnológicas

A tecnologia pode ser uma mão na roda na hora de auxiliar os gestores a compor e controlar a escala de trabalho de uma indústria.

Tanto a organização dos horários, quanto o registro de jornada podem ser realizado por um sistema de gestão de RH e controle de ponto eficiente, que mantém os dados seguros e ajuda a proteger a empresa de possíveis ações trabalhistas.

Organize as informações sobre a produção

O responsável por fazer a gestão de turnos na indústria precisa ter informações a respeito da produção sempre atualizada e em mãos.

Esses dados devem compreender tanto a capacidade produtiva e as demandas de entrega, quanto as escalas feitas anteriormente. Só assim é possível garantir o cumprimento de prazos sem sacrificar a saúde do trabalhador.

Como organizar os turnos dentro das indústrias?

Para organizar a escala de trabalho de maneira eficiente, além do conhecimento nas Leis trabalhistas, repousos semanais e descansos, é preciso considerar:

  • manter um diálogo com os operários é de extrema importância para alinhar as necessidades dos trabalhadores com as da empresa;
  • conhecer essas demandas é fundamental para um escala justa em relação às folgas e os horários que devem ser cumpridos;
  • a escala deve ser montada separando os cargos, e os dados precisam ser constantemente atualizados.

A gestão de turnos na indústria é uma atividade fundamental para o sucesso de uma grande companhia. Ao garantir a qualidade de vida dos trabalhadores, as empresas se mantêm competitivas e sustentáveis em um mercado tão acirrado.

Que tal saber um pouco mais sobre o controle de ponto online? Conheça aqui as vantagens de uma parceria entre um bom software e o departamento pessoal de uma empresa.

 

A Pontomais é líder no mercado de Controle de Ponto e Gestão de Jornada. São mais de 6.500 empresas e 130.000 usuários em toda América Latina. Uma plataforma simples, econômica e segura. A solução mais moderna e inovadora para diminuir os processos burocráticos. Assegura que as empresas estejam DENTRO DA LEI. Não perca tempo, CLIQUE AQUI, conheça a Pontomais e venha Rhevolucionar a gestão da sua empresa.

 

 


Softwares de gestão de pessoas: 4 sistemas que você precisa conhecer!

Privacy Preference Center