Donos de pequenas e médias empresas tendem a achar que somente eles sabem fazer tudo corretamente, não é mesmo? Isso faz com que eles centralizem todas as atividades. No entanto, esse tipo de comportamento não é sustentável, pois interfere diretamente na produtividade da empresa e sobrecarrega bastante o empreendedor. Saber como delegar tarefas é essencial para que o gestor tenha mais tempo para planejar o negócio.

Mas, não basta mandar. É importante acompanhar, treinar e corrigir.  Lembrando que delegar não significa repassar responsabilidades, é apenas uma maneira de obter resultados melhores com a contribuição de todos. Por isso reunimos, abaixo, algumas dicas práticas de como delegar tarefas com segurança no seu negócio. Leia e se inspire!

 

Faça uma reflexão para saber como delegar tarefas

 

Qual é o seu papel na empresa? Se os seus colaboradores te veem como o típico modelo de chefe chato, mandão, centralizador e arrogante, é preciso rever suas atitudes. Porque para delegar tarefas, é preciso adotar outra postura e o gestor precisa estar preparado para lidar com erros até todos se adaptarem.

O ideal é que você seja respeitado sem a necessidade de centralizar tudo. Afinal, você quer que a empresa seja capaz de caminhar sem que você esteja o tempo todo presente.

 

Conheça bem as competências de cada colaborador

 

Para delegar as tarefas efetivamente, é preciso estar aberto para enxergar e aproveitar o potencial de cada um de seus colaboradores. Isso significa que não basta querer, é importante confiar na equipe e realmente ajudar para que as tarefas delegadas sejam cumpridas.

Determinadas pessoas são melhores em algumas funções e é papel do líder enxergar isso. Converse, faça um teste prático e faça ajustes sempre que for necessário. Caso contrário, as tarefas não serão cumpridas e o empreendedor gastará ainda mais tempo tentando consertar o que foi delegado.

 

Invista em treinamento para as tarefas que serão delegadas

 

Um dos principais erros que empreendedores cometem quando não sabem como delegar tarefas é acreditar que todos os funcionários vão trabalhar da mesma maneira. No entanto, sem treinamento e padronização das funções, a sua equipe não saberá como agir. Além disso, se o gestor não falar, não tem como adivinhar qual é a melhor maneira de realizar cada tarefa.

Por exemplo, se o dono tem um jeito de encaminhar o pedido para o fornecedor e ele deseja delegar essa tarefa, é preciso que ele sente com o funcionário que será responsável e ensine cada detalhe do procedimento. Esse investimento de tempo é necessário para que a tarefa seja delegada com segurança e o gestor solucione as dúvidas dos funcionários, já que eles não estão acostumados com essa responsabilidade.

 

Não se esqueça de dar feedbacks

 

Acompanhar e supervisionar são ações que precisam entrar na rotina do gestor que deseja delegar tarefas. Fora isso, os feedbacks são essenciais para que os funcionários aprendam sobre os erros cometidos. Essa atitude não só fortalecerá os laços do dono com a equipe como ajudará a empresa a crescer.

É muito fácil apenas apontar erros, por isso tente não adote esse tipo de comportamento. Sinalize os erros, mostre qual é a maneira correta e pergunte se o funcionário está precisando de algo para que a tarefa seja cumprida. Feedbacks positivos também são bons para aumentar a confiança da equipe.

Viu só como delegar tarefas com segurança não é tão difícil? Curta nossa página no Facebook e no LinkedIn para ler mais dicas de gestão, produtividade e engajamento para sua empresa.