4 dicas de como lidar com funcionários difíceis

Gerenciar uma empresa sem gerenciar pessoas é impraticável. São as pessoas que fazem a empresa, e os comportamentos interferem diretamente na imagem da organização. Mas, funcionários difíceis existem em todo lugar, e, mesmo que sejam poucos, fazem bastante barulho, prejudicando o clima organizacional e arranhando a imagem de sua empresa.

Então, continue a leitura e confira 4 dicas para lidar com funcionários difíceis, ligando-os particularmente a cada sugestão.

 

Tipos de funcionários difíceis

 

Primeiro vamos listar alguns perfis de funcionários frequentes nas empresas que podem gerar ruídos na comunicação, assim, tumultuando o ambiente e causando insatisfação na equipe.

 

  • O competitivo (em excesso), que não tem limites e que passa por cima de tudo e todos para alcançar seus objetivos;
  • O questionador, que nunca está satisfeito com as normas da empresa, prazos de tarefas e implica com questões pequenas demais, só para chamar a atenção;
  • O procrastinador, que nunca faz o que deveria no tempo certo, atrapalhando a vida de todos;
  • O popular, especialmente na web, que gasta tempo demais em redes sociais e aplicativos de mensagens.

Dicas para lidar com funcionários difíceis

1. Mantenha o foco na equipe

 

Procure aumentar o comprometimento dos colaboradores, tratando os assuntos em conjunto. Deixe assuntos individuais para momentos mais reservados. Estabeleça a divisão das tarefas e os prazos de entrega junto com o time, salientando as qualidades do grupo como um todo, apontando os resultados alcançados pela equipe.

O competitivo entenderá que ele é um membro importante como qualquer outro da equipe e aprenderá a valorizar o trabalho conjunto. Em paralelo, sua equipe atingirá uma autonomia jamais vista.

 

Teste gratis pontomais 2019

2. Seja transparente

 

Já se foi o tempo em que o patrão ficava ao lado do relógio de ponto na hora de entrada e saída para controlar os horários de seu pessoal. É cada dia mais comum a utilização da tecnologia como aliada, de forma a proporcionar ganho de produtividade, minimização de erros e otimização de processos.

Demonstrando confiança você cativará seus colaboradores, recebendo como retorno a credibilidade. Abra suas portas para receber sugestões, incentive seu pessoal à autogestão, e se ainda não tem, estude a possibilidade de implementar um plano de cargos e salários com regras claras para promoções. O questionador ficará sem assunto.

 

3. Faça a gestão do tempo

 

Após conseguir o engajamento da equipe, é hora de ajudá-los a otimizar o tempo. Eliminar tarefas que só gastam tempo e poderiam ser absorvidas por uma ferramenta de tecnologia é um bom exemplo. O controle de informações, por sua vez, otimiza processos, identificando áreas de sombra onde duas pessoas ou áreas fazem a mesma tarefa ou parte dela.

Em uma boa gestão do tempo deve-se estabelecer prazos para as tarefas e fazer com que estes sejam cumpridos. Lembrando do foco na equipe, estabelecer prazos em conjunto e cobrar de todo o time deixará o procrastinador constrangido quando somente ele não tiver apresentado a tarefa cumprida em tempo. Na próxima vez ele estará mais comprometido, ou pedirá ajuda.

 

4. Invista na gamificação

 

Técnica nova que consiste em criar um ambiente competitivo e saudável dentro da empresa por meio de jogos, esse recurso permite que os colaboradores avaliem uns aos outros em relação a tempo gasto com as tarefas, níveis de produtividade e foco nas atividades de trabalho, tudo de maneira saudável e divertida.

Impedir o acesso a aplicativos de mensagens e redes sociais pelo smartphone pode ser inviável e causar insatisfação, mas inserir esse item como algo a ser avaliado por todos os colegas deixará o popular em evidência, com todo o tempo que ele gasta em atividades não produtivas.

É notório que todos passamos por fases que afetam nosso comportamento no trabalho. É preciso tomar cuidado para não confundir colaboradores passando por uma má fase com funcionários difíceis.

Adotando essas dicas você perceberá como sua equipe se mostrará mais coesa, comprometida e produtiva. Demonstrar confiança, delegar tarefas e promover a autogestão elevará o nível de maturidade profissional de seus colaboradores. Isso vai lhe proporcionando tempo para pensar, planejar seu negócio e alcançar mais qualidade de vida. O bônus? Você gerará líderes comprometidos com seu negócio e o sucesso de todos.

Essas dicas foram importantes para você? Então, se quiser saber mais, assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

 

Teste gratis pontomais 2019