Por que sua empresa precisa ter um limite de horas extras?

Para o empregado, realizar hora extra significa um incremento na remuneração ao final do mês. Mas para o empregador nem sempre é vantajoso, já que reflete diretamente nos custos e nas finanças da empresa.

 

Mas não ter controle sobre o limite de horas extras que realmente a empresa pode arcar, pode resultar em sérios problemas. E não apenas financeiros, mas também em relação à qualidade de vida do funcionário.

 

Vejamos algumas situações que justificam a importância de criar um limite de horas extras:

 

Problemas na justiça trabalhista

 

A hora extra, como o próprio nome sugere, é a hora excedente de trabalho de um colaborador por um tempo superior àquele estabelecido pela legislação. A hora extra deve estar dentro de algumas limitações diárias e semanais. Atualmente, a jornada normal de trabalho é de 8 horas diárias e, no máximo, 44 horas semanais.

 

No caso do empregado superar a jornada normal de trabalho, a utilização de hora extra não poderá ser superior a duas horas adicionais, ficando com um limite máximo diário de 10 horas trabalhadas.

 

O fato é que a hora extra deve ter um adicional de, no mínimo, 50% sobre o valor da hora normal. Por não realizar um registro correto e idôneo, muitos funcionários acabam procurando a justiça para regularizar a situação. Procuram também, o pagamento devido das horas excedentes trabalhadas.

 

Funcionários que excedem o horário de trabalho sem necessidade

 

Não são raras as situações em que o empregador solicita ao funcionário que fique além do seu horário normal, e estas são as horas extras. Mas nem sempre é preciso estender a jornada de trabalho e muitos funcionários acabam aproveitando a “falta de controle” dos empregadores para fazer horas extras sem necessidade.

 

O empregador precisa ter consciência das atividades desenvolvidas e quando é realmente necessário realizar horas extras. Imagine uma empresa com 100 funcionários e todos resolvem, por conta própria, ficar além do horário normal. O resultado ao final do mês não será nada positivo. Pois, o caixa não conseguirá bancar os valores da folha de pagamento.

 

Por isso, é fundamental adotar um sistema de controle de ponto que possa acompanhar o limite de horas extras e o que elas representam para as finanças da empresa.

 

Teste pontomais 2019

Excesso de horas extras e baixa produtividade

 

No dia a dia, muitos gestores acabam deixando de lado o acompanhamento do rendimento dos seus funcionários. Dessa forma, nem sempre uma maior jornada de trabalho representa mais produtividade.

 

Ao controlar o limite de horas extras, o empregador pode analisar os motivos que levam o empregado a estender a jornada. Isso significa que ao ter em mãos informações sobre os horários trabalhados, o gestor passa a saber como o funcionário utiliza seu tempo e os motivos que o levam a ter que realizar suas atividades além do tempo regulamentar.

 

Limite de horas extras e a alta rotatividade

 

Jornadas de trabalho exaustantes, desmotivação e alta rotatividade de funcionários. A falta de controle da jornada de trabalho não representa apenas um maior custo na folha de pagamento, mas a perda de funcionários que acabam não conseguindo equilibrar o trabalho com a vida pessoal, se desligando da empresa eventualmente.

 

Demissões, afastamentos por doenças e funcionários desmotivados devido ao alto número de horas trabalhadas por semana podem implicar em um custo muito maior que as próprias horas extras.

 

É fundamental o empreendedor manter controle da jornada de trabalho dos seus colaboradores e encontrar estratégias que possam melhorar a produtividade sem desgastar a equipe.

 

Falta de controle nas escalas de trabalho

 

No entanto, a falta de controle ou de uma organização eficiente sobre as folgas dos funcionários acaba sobrecarregando outros empregados. E esses, por vezes, são obrigados a estender a jornada para atender a determinadas demandas e prazos. Isso implica no pagamento de horas extras que não estavam no orçamento da empresa e, por isso, podem impactar o caixa.

 

Mas, o que fazer para manter as finanças saudáveis e o limite de horas adequadas? É importante adotar ferramentas que ajudem a organização operacional da empresa. Assim, auxiliando a gerir de forma eficiente a jornada de trabalho de cada colaborador.

 

Como você faz esse controle na sua empresa? Deixe seu comentário aqui no blog e conte para nós!

 

Teste pontomais 2019

 

A Pontomais é líder no mercado de Controle de Ponto e Gestão de Jornada. São de 5.000 empresas e 110.000 usuários em toda América Latina. Uma plataforma simples, econômica e segura. Assim, sendo a solução mais moderna e inovadora para diminuir os processos burocráticos. Portanto, assegurando que as empresas estejam DENTRO DA LEI. Não perca tempo, CLIQUE AQUI, conheça a Pontomais e venha Rhevolucionar a gestão da sua empresa

Entre em contato conosco para conhecer nossos produtos e serviços. Até breve 🙂