Uma situação muito corriqueira no mercado e que traz riscos para várias empresas está ligada com os colaboradores que têm o hábito de levar trabalho para casa.

Além de sobrecarregar o profissional — podendo causar estresse e depressão —, a atitude pode trazer influências negativas quanto à segurança dos dados da corporação, sem falar em possíveis conflitos judiciais.

Para alertar sobre essa prática, que muitas vezes acontece para aumentar a competitividade entre as empresas, elaboramos este post para fazer um alerta sobre alguns riscos que podem ser evitados.

Fique por dentro do assunto:

 

O que isso indica sobre a gestão do líder?

 

Ao levar trabalho para casa, o líder deixa claro aos seus subordinados que tem dificuldade para delegar funções, ou seja, deixa de aproveitar todos os talentos dos integrantes da sua equipe. Trata-se de um problema que acaba interferindo na produtividade dos demais colaboradores, que se sentem pouco valorizados.

E, ao se sobrecarregar, o gestor pode se transformar em uma vítima do estresse, da impaciência e até mesmo da intolerância, deixando o ambiente de trabalho mais pesado. Isso faz com que a imagem do líder seja malvista pelos demais, principalmente por conta da desorganização operacional.

 

Quais são os riscos dessa atitude ser usada contra a empresa?

 

Como é difícil prever como estará o estado de satisfação de determinado colaborador com a empresa ao longo de um longo período de tempo, o ato de levar trabalho para casa pode levar a sérios riscos financeiros e de segurança operacional.

Isso porque o funcionário pode entrar com uma ação judicial cobrando horas extras em razão do tempo gasto quando estava atuando em casa, com uma imensa probabilidade de ganho de causa. Ou seja, as indenizações podem até mesmo limitar o crescimento da empresa ou causar uma falência.

Outra questão muito séria é em relação à probabilidade da perda de dados relevantes, como senhas, estatísticas, e-mails corporativos. Em outras palavras, crescem os riscos com a segurança on-line.

Podemos citar, ainda, a possibilidade de vírus invadirem o computador, roubando informações privilegiadas da empresa. Isso porque a internet doméstica não é 100% segura.

 

Como resolver essa questão de forma eficiente?

 

A 1ª dica para evitar essa prática é a busca constante pela otimização do tempo ao longo da jornada de trabalho, delegando tarefas, utilizando a tecnologia a seu favor e organizando bem a estrutura e responsabilidades de cada integrante da equipe.

Vale a pena montar um cronograma para planejar as ações, com metas, além de criar uma logística para que tudo saia de acordo com o objetivo.

Faça reuniões constantes e mantenha o foco, com disciplina e autocontrole. Confie na sua equipe e faça de tudo para que todos fiquem motivados.

Dessa forma, levar trabalho para casa ficará em 2º plano, já que tudo será resolvido no expediente de cada um.

 

 

Qual é a importância de não levar trabalho para casa?

 

Ao se desligar do trabalho após a jornada, a qualidade de vida fica bem mais evidente. Com isso, você conseguirá ter mais tempo para os hobbies, a família, as atividades físicas…

Portanto, se comprometa a evitar esse mau hábito, fazendo com que a sua vida aconteça plenamente em todos os momentos. Afinal, há tempo para tudo!

E você, conhece alguém que leva muito trabalho para casa? Compartilhe este post nas suas redes sociais e alerte os seus amigos sobre os riscos de tal hábito!

 

 

A Pontomais é líder no mercado de Controle de Ponto e Gestão de Jornada. São de 5.000 empresas e 110.000 usuários em toda América Latina. Uma plataforma simples, econômica e segura. A solução mais moderna e inovadora para diminuir os processos burocráticos e assegurar de que as empresas estejam DENTRO DA LEI. Não perca tempo, CLIQUE AQUI, conheça a Pontomais e venha Rhevolucionar a gestão da sua empresa

Entre em contato conosco para conhecer nossos produtos e serviços. Até breve 🙂