A emissão de uma folha de pagamento correta é uma das missões de todo colaborador de Departamento Pessoal (DP). Mas erros na folha de pagamento podem acontecer. São muitos os detalhes que envolvem os processos e, além disso, é preciso ficar atento ao controle de informações durante o mês.

 

E mais, os erros ainda podem causar futuros transtornos com passivos trabalhistas, devido a informações erradas no registro e no salário dos funcionários.

 

Neste post você vai conhecer quais são os erros mais comuns na folha de pagamento. Continue a leitura e aprenda a identificar esses erros e como corrigi-los. Vamos lá?

 

Quais os principais erros na folha de pagamento?

 

Separamos para você os erros mais recorrentes nas folhas de pagamento. Veja!

 

1. Centralizar os dados

 

Deixar todas as informações da folha de pagamento concentradas em apenas um computador é um enorme risco para a empresa, pois se o aparelho sofrer algum dando, todos os dados podem ser perdidos.

 

Além disso, focar toda a operação de folha de pagamento em apenas um funcionário também é uma péssima ideia. Afinal, se ele tiver algum problema de saúde ou se desligar da empresa, os outros profissionais do RH não saberão como conduzir as rotinas, não é mesmo?

 

2. Falhar na previsão dos custos

 

Falhas no planejamento financeiro, como ignorar a previsão do 13º salário, bônus e premiações, podem gerar graves transtornos, já que sai caro ter de recorrer a empréstimos para arcar com os custos de folha de pagamento.

 

 

3. Ignorar as mudanças na empresa

 

Um erro muito comum cometido nas empresas é ignorar a mudança de situação dos trabalhadores, como promoções, volta de licença-maternidade, agendamento de férias, benefícios e até mesmo desligamentos.

 

Já pensou um colaborador ser promovido e receber o salário anterior? Ou o funcionário ser desligado e o salário continuar caindo na conta dele?

 

Apesar de esses processos poderem ser corrigidos, são muito onerosos para a empresa e envolvem muito trabalho e desgaste — para o funcionário e para a empresa.

 

4. Não levar em conta as mudanças fiscais e da legislação

 

Além da situação dos colaboradores, a legislação fiscal e trabalhista também sofre alterações e, por isso, precisam ser constantemente acompanhadas. Ignorar essas mudanças pode acarretar diversas questões, como causas trabalhistas e o pagamento de multas.

 

5. Errar nos cálculos

 

Infelizmente, é comum que no momento de calcular a folha de pagamento a faixa de desconto selecionada não seja a correta para determinado funcionário ou algum número seja digitado errado. Isso acontece principalmente nos casos em que o cálculo é feito de forma manual ou utilizando uma planilha, então o mais recomendado é que a empresa conte com a ajuda da tecnologia para fazer a gestão do RH.

 

Como esses erros na folha de pagamento podem ser evitados?

 

Todas essas situações podem ser evitadas com a ajuda de um software. Portanto, esse recurso é muito seguro, o que torna possível você otimizar a produção do contracheque.

 

Com os softwares de folha de pagamento, você agiliza a alimentação dos dados para efetuar os cálculos.

Isso diminui as chances de acontecer com a sua equipe os erros que já vimos neste post.

 

Essas ferramentas ainda têm funcionalidades para fazer cópias dos documentos com regularidade e asseguram a armazenagem das informações em caso de algum problema no computador.

 

Gostou de saber quais são os principais erros na folha de pagamento? Então assine nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!

 

 

A Pontomais é líder no mercado de Controle de Ponto e Gestão de Jornada. São de 5.000 empresas e 110.000 usuários em toda América Latina. Uma plataforma simples, econômica e segura. A solução mais moderna e inovadora para diminuir os processos burocráticos e assegurar de que as empresas estejam DENTRO DA LEI. Não perca tempo, CLIQUE AQUI, conheça a Pontomais e venha Rhevolucionar a gestão da sua empresa

Entre em contato conosco para conhecer nossos produtos e serviços. Até breve 🙂