eSocial para pequenas empresas: como funciona?

eSocial para pequenas empresas é um projeto que faz parte do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), responsável pela unificação de atividades como recepção, validação, autenticação e armazenamento de livros e documentos que fazem parte da escrituração contábil e fiscal das empresas.

 

Esse projeto simplifica a entrega da parte correspondente às obrigações trabalhistas, reunindo documentos, como RAIS, CAGED, DIRF, SEFIP e outros mais. Portanto, por meio dele, você ganha mais tempo e reduz a quantidade de erros e retrabalhos que podem acontecer no atual sistema.

 

Continue a leitura e saiba como funciona o eSocial para pequenas empresas.

 

Quais são as informações obrigatórias do eSocial?

 

As informações que você vai inserir no sistema são:

 

  • Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (GFIP);
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • Relação Anual de Informações Sociais (RAIS);
  • Livro de Registro de Empregados (LRE);
  • Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED);
  • Quadro de Horário de Trabalho (QHT);
  • Folha de pagamento;
  • Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT);
  • Guia da Previdência Social (GPS);
  • Guia de Recolhimento do FGTS (GRF);
  • Comunicação de Dispensa (CD);
  • Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF);
  • Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP);
  • Manual Normativo de Arquivos Digitais (MANAD);
  • Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF);
  • Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA);
  • Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO).

eSocial Pontomais 2019

 

Como funciona o eSocial para pequenas empresas?

 

Passo 1

 

Abra o sistema do eSocial e vá até a aba Processos. Selecione Transmitir Eventos e aguarde a tela carregar. Embaixo do status do sistema, verifique a quantidade de arquivos que estão aguardando envio, em processamento, os rejeitados, os que têm advertências e os enviados com sucesso.

 

Passo 2

 

Escolha os eventos que estão aguardando envio. Cada evento tem suas informações divididas em abas, que podem ser conferidas individualmente — dados cadastrais, complementares, contato, trabalho temporário e outros.

 

Passo 3

 

Marque ou desmarque todos os eventos que serão enviados. Dessa forma, para todos, selecione a pequena caixa de marcação no topo do sistema que diz Marcar/Desmarcar Todos. Para enviá-los, clique em Transmitir.

 

Passo 4

 

Observe que todos os eventos enviados vão para a aba Em Processamento. Pois, o status de cada processo vai depender da precisão dos dados preenchidos e, depois da análise do Governo, eles surgem na aba correspondente.

 

Quais são os prazos para aderir ao eSocial?

 

Novembro de 2018 é o mês no qual os micros, pequenos e médios empresários devem iniciar a adesão ao eSocial. Assim como ocorreu com as demais empresas, esse processo será feito por etapas.

 

Empresários poderão incluir gradativamente suas informações nesse sistema do Governo. A partir de 16 de julho e até 31 de agosto, você deve enviar ao eSocial as informações de cadastro e tabelas da empresa.

 

No mês de setembro, chega a vez de incluir no sistema as informações dos seus trabalhadores e respectivos vínculos — admissões, demissões e afastamentos. De novembro ao final do ano, então, vêm os dados das remunerações e folhas de pagamento.

 

Em 2019, já em janeiro, começa a substituição da Guia de Informações à Previdência Social (GFIP) pelo sistema do eSocial. Assim, os dados de segurança e saúde do trabalhador passam a ser registrados no software.

 

O eSocial para pequenas empresas já começou a ser implantado. Verifique se o seu negócio já está preparado para essa mudança e ganhe tempo e dinheiro unificando o envio dos documentos exigidos pelo Governo.

 

Compartilhe este artigo sobre eSocial para pequenas empresas em suas redes sociais e marque seus amigos que são donos de pequenas empresas.

 

Controle de Jornada Pontomais 2019

 

A Pontomais é líder no mercado de Controle de Ponto e Gestão de Jornada. São mais de 6.500 empresas e 130.000 usuários em toda América Latina. Uma plataforma simples, econômica e segura. Assim, sendo a solução mais moderna e inovadora para diminuir os processos burocráticos. Portanto, assegurando que as empresas estejam DENTRO DA LEI. Não perca tempo, CLIQUE AQUI, conheça a Pontomais e venha Rhevolucionar a gestão da sua empresa.

Entre em contato conosco para conhecer nossos produtos e serviços. Até breve 🙂