Conheça os principais tipos de absenteísmo nas empresas.

Quais são os tipos de absenteísmo?

Ausências e atrasos de colaboradores interferem diretamente — e negativamente — na produtividade da empresa. No entanto, há uma luz no fim do túnel: ao conhecer os tipos de absenteísmo, fica mais fácil identificar quando a situação está ocorrendo e, consequentemente, combater esse mal.

O uso de indicadores para medir os níveis de absenteísmo, a adoção de estratégias para diminuir essas taxas e uma postura preventiva colaboram para que o problema não se torne algo realmente prejudicial.

Portanto, fique ligado em nosso artigo! Conheça um pouco melhor os motivos para que o absenteísmo aconteça, seus impactos e como a sua empresa pode se prevenir. Confira!

Tipos de absenteísmo

Atrasos, imprevistos e problemas pessoais — quem trabalha com gestão de pessoas está habituado a essas situações e sabe muito bem que, quando a coisa foge do controle, pode causar danos na produtividade e nos resultados de uma organização.

O problema é que o absenteísmo pode se transformar em uma verdadeira epidemia, causando uma desmotivação em massa e criando mais faltas injustificadas. É aí que mora a importância de saber identificar quando a situação está acontecendo e conhecer formas de evitar que as coisas cheguem a esse ponto.

As empresas devem ter consciência de que muitos tipos de absenteísmo são causados pela sua cultura organizacional: a falta de ações preventivas ou de estratégias que estimulem a assiduidade pode originar o problema — ou aumentá-lo.

Conhecer os tipos de absenteísmo é fundamental para que isso não aconteça. Sendo assim, é importante saber que eles são classificados pela origem da falta ou do atraso dos colaboradores e podem ser:

  • voluntários, quando o trabalhador não justifica a sua ausência;
  • por doença;
  • em razão das chamadas patologias profissionais, em que o colaborador passa um período ausente após um acidente de trabalho ou uma doença ocupacional;
  • devido a questões legais;
  • caracterizados por qualquer elemento que impeça o profissional de chegar até o local de trabalho, configurando o absenteísmo compulsório.

 

 pontomais 2019

 

Motivos para que o problema aconteça

Como já adiantamos no início deste texto, a prevenção é fundamental. Então, que tal conhecer mais profundamente alguns tipos de absenteísmo, os motivos para que o problema aconteça e como é possível evitar essas situações?

Doenças e problemas de saúde

O corpo humano não é uma máquina. Pessoas adoecem e, no fim das contas, precisamos admitir que os problemas de saúde existem e não são incomuns. Por isso, arriscamos dizer que essa é uma das principais causas do absenteísmo.

No entanto, isso não significa que a empresa deve apenas receber os atestados e conformar-se com a situação. Muitas vezes, o ambiente de trabalho é o responsável por essas ocorrências.

Faça uma reflexão: como anda a estrutura da sua empresa? As políticas de férias e folgas? A iluminação? Os equipamentos de segurança? São essas e outras questões que podem revelar que uma mudança de atitude do RH e nas políticas da organização pode mudar essas estatísticas.

Falta de motivação e engajamento

Toda empresa deseja ter uma equipe motivada. A falta de motivação é um dos aspectos responsáveis pela baixa produtividade e também pela elevação dos índices de absenteísmo.

O primeiro passo para evitar que o pior aconteça é descobrir por quais motivos os colaboradores se sentem desmotivados. Estabeleça um bom diálogo com as equipes, adote uma política de feedback ou vá direto ao ponto e pergunte o que aflige essas pessoas. Descubra a causa e aplique o tratamento necessário.

Baixa expectativa quanto ao desenvolvimento profissional

Uma empresa pode ser a sua própria vilã quando o assunto é desmotivação. Profissionais ambiciosos desejam crescer dentro de uma organização, mas, quando o contratante não dá a menor chance para que isso aconteça, começa a ficar complicado.

Se um simples plano de carreira não faz parte das políticas do negócio, é hora de rever conceitos. A valorização profissional não só contribui para a diminuição do absenteísmo, mas também ajuda a reter talentos.

Estresse

Que o mal do nosso século é o estresse todo mundo sabe. Porém, um colaborador não fica estressado sozinho, e existem fatores que contribuem para que isso aconteça. Novamente, eles podem estar escondidos dentro da própria empresa.

Falta de diálogo, pressão, liderança conturbada ou conflitos pessoais podem ser citados entre as diversas causas desse mal. Sabe a reflexão que sugerimos anteriormente? Também é pertinente para esses casos.

Depressão

Ao lado do estresse, temos a depressão. Na maioria das vezes, a condição é bastante grave, já que o indivíduo se sente desmotivado e culpado pela sua condição.

Quem já teve ou convive com um portador desse mal sabe que, muitas vezes, é difícil até levantar da cama. Nesse contexto, é importante que a empresa demonstre todo o seu apoio e compreensão durante essa dura jornada.

Pergunte se o colaborador está bem ou se precisa de alguma coisa. Você pode, ainda, disponibilizar um psicólogo para atender a essas pessoas, buscando aumentar a qualidade de vida no trabalho.

 

Quer uma demonstração de 15 minutos do sistema que economiza 50% do seu tempo em rotinas de Departamento Pessoal e Recursos Humanos? Clique no botão abaixo e um dos nossos consultores entra em contato com você:

meligue-pontomais-2018

 

Impactos do absenteísmo nas empresas

Embora a gente já tenha falado alguns dos impactos do absenteísmo nas empresas durante o texto, gostaríamos de reforçá-los. É muito importante entender até que ponto isso pode ser prejudicial, pois o sucesso de uma empresa também depende disso.

Raciocine rapidamente conosco acompanhando esta lista de impactos negativos:

  • baixa produtividade;
  • falta de integração das equipes;
  • alta rotatividade de colaboradores;
  • aumento de custos com demissões e novas contratações;
  • queda na lucratividade;
  • resultados abaixo do esperado.

Vale sempre lembrar que o índice de absenteísmo de uma empresa está diretamente ligado à saúde física e mental dos colaboradores. Portanto, é fundamental que as empresas adotem estratégias para que esses profissionais mantenham uma mente sadia.

Promoção de novas políticas de benefícios e de ginástica laboral, disponibilização de médico do trabalho e de acupuntura e estímulo a rodas de conversa estão entre as diversas atitudes que podem ser tomadas para promover essas questões. Aposte em uma boa programação interna e evite passar por essas dificuldades!

Combater os diversos tipos de absenteísmo e evitar que eles aconteçam depende da sensibilidade dos gestores para identificar que essas situações realmente estão acontecendo e quais os motivos para isso.

A informação é uma das chaves para que isso seja feito rapidamente. Portanto, siga nossos perfis nas redes sociais e mantenha-se em dia com os assuntos relacionados ao mundo do RH. Estamos no Facebook e também no LinkedIn!

A Pontomais é líder no mercado de Controle de Ponto e Gestão de Jornada. São mais de 7.500 empresas e 150.000 usuários em toda América Latina. Uma plataforma simples, econômica e segura. A solução mais moderna e inovadora para diminuir os processos burocráticos. Assegura que as empresas estejam DENTRO DA LEI. Clique aqui e descubra tudo o que podemos fazer por você!

 

Até mais! 🙂