Saber como gerenciar uma equipe assertivamente é fundamental para todo gestor; no entanto, muitos encontram dificuldade nessa missão de liderar pessoas. O que ocorre muitas vezes é um excesso de funções acumuladas, tanto burocráticas quanto estratégicas, que tomam grande parte do tempo e dificultam a gestão propriamente dita.

 

Nesse cenário, é fundamental que o líder possa contar com uma equipe bem alinhada e eficiente, para que possa se dedicar de verdade ao seu trabalho de gestão de pessoas. Por isso, aprenda a gerenciar uma equipe assertivamente com as dicas que separamos para você!

 

Seja um líder acessível

 

A figura de liderança deve ser próxima dos colaboradores, demonstrando disponibilidade quando a equipe precisar de um feedback. Aquela imagem de chefes temidos e respeitados pelo lugar que ocupam, “escondidos” atrás da porta intimidadora de sua sala, não é mais adequada nas relações trabalhistas atuais.

 

Isso porque esse modelo antigo tem se mostrado prejudicial para os negócios da empresa, pois cria um clima de tensão que prejudica a qualidade de vida dos colaboradores. Assim, ele influencia diretamente (e de forma negativa) na retenção de talentos e na produtividade da equipe em geral.

 

Estabeleça uma comunicação clara e direta

 

Mensagens ambíguas e falha na transmissão de informações importantes resultam em uma equipe sem sinergia e insegura, tornando cada tarefa um enorme desafio. Por isso, investir em comunicação interna é um requisito básico para o gerenciamento de equipes assertivo.

 

Felizmente, existem muitas ferramentas de comunicação no mercado e a tecnologia é uma grande aliada de gestores e empresas. Hoje, é possível contar com sistemas internos que padronizam a informação e garantem que todos os envolvidos tenham acesso a elas.

Mantenha a equipe motivada

 

Uma equipe desmotivada comete mais erros e dificulta o alcance de metas. Por outro lado, quanto mais motivado um colaborador estiver, maior será a busca por resultados positivos, a fim de manter esse nível de motivação. Para chegar a essa situação, aspectos estruturais adequados, recursos e ferramentas eficientes e um ambiente com harmonia são imprescindíveis.

 

O líder também precisa ser a figura de referência, mantendo uma atitude positiva para inspirar a equipe e oferecendo as ferramentas necessárias para que cheguem até o objetivo definido. Assim, a equipe poderá vislumbrar de forma realista a possibilidade de alcançar a meta, o que contribuirá para o seu ânimo.

 

Crie relações de confiança

 

O relacionamento entre membros de uma mesma equipe e deles com sua liderança deve ser baseado na confiança. O espírito coletivo e a certeza de que todas as partes irão trabalhar em busca do mesmo fim são o que mantém o grupo funcionando.

 

Quanto maior for o nível de confiança uns nos outros, maior é a autonomia do grupo na execução de tarefas e na tomada de decisões. Mas vale lembrar que isso não significa que a equipe ficará sem referências — a liberdade da equipe vem justamente do conhecimento e da confiança conquistados na relação com seu gestor.

 

Conheça individualmente cada integrante da equipe

 

Toda equipe é formada por um grupo de indivíduos e a sua força está justamente nas competências e habilidades de cada um deles. Portanto, para extrair o melhor desses profissionais é fundamental conhecer a particularidade de cada um e a forma como reagem aos desafios.

 

Dessa forma, será possível definir com mais eficiência o papel deles no ambiente do trabalho, extrair todo o potencial de colaborador e construir uma relação mais sólida. Com isso, a empresa ganha em força e produtividade, ao mesmo tempo em que conta com um ambiente profissional harmônico.

 

Delegue atividades para a pessoa certa

 

Como destacamos no tópico anterior, cada colaborador conta com habilidades próprias e tem uma forma de lidar com problemas e situações adversas. Dessa forma, o gestor precisa conhecer essas características dos funcionários para que possa delegar as funções certas.

 

Assim, cada trabalhador atuará nos setores e nas atividades que melhor se encaixam em seu perfil. Com isso, há maiores chances de sucesso e de colher resultados mais eficientes na rotina corporativa. Ao mesmo tempo, os erros diminuem e a empresa sai ganhando.

 

Reconheça um trabalho bem feito

 

No mundo dos negócios é normal que as pessoas forneçam o feedback negativo. Ele é importante para que os colaboradores possam perceber os seus erros e aprender como melhorar. Porém, não podemos esquecer de ressaltar os trabalhos que são bem feitos.

 

Sempre que houver uma ação de destaque é importante reconhecer o sucesso ao funcionário. Vale também para a resolução de um problema ou uma performance ineficiente. Essa atitude estimula a equipe a buscar a excelência e contribui para a formação de colaboradores mais engajados.

 

Melhore a experiência da equipe no local de trabalho

 

Funcionários satisfeitos são sinônimo de produtividade — e, consequentemente, de maior desempenho corporativo. Para isso, é necessário criar um ambiente de trabalho que seja confortável, que estimule o trabalho e que ofereça boa experiência aos seus colaboradores.

Esse processo passa tanto por boa remuneração e pacote de benefícios até o fornecimento de ferramentas que auxiliem o trabalho e um escritório bem montado. Além disso, é bastante importante criar um ambiente harmônico em que todos se entendam.

Agora que você já sabe como gerenciar uma equipe, que tal conhecer alguns indicadores de satisfação dos funcionários? É só ler o tópico abaixo!

 

Indicadores de satisfação dos funcionários

 

  • absenteísmo: essa métrica avalia o percentual de ausências e atrasos no dia a dia — um índice alto pode indicar insatisfação dos colaboradores;
  • índice de rotatividade: também chamado de turnover, esse indicador mostra a quantidade de pessoas que entram e saem do emprego em determinado período — rotatividade alta é sinal de insatisfação;
  • avaliação de aprendizagem: avaliar se os treinamentos contribui com a evolução dos trabalhadores, conseguindo-se perceber se as necessidades deles estão sendo atendidas ou não — caso não estejam, há possibilidade de gerar insatisfação;
  • produtividade: quanto mais satisfeita estiver a sua equipe, maior será a produtividade — por outro lado, quando há insatisfação o ritmo produtivo cairá.

Com essas dicas de como gerenciar uma equipe assertivamente, sua tarefa de gestão de pessoas vai ficar bem mais simples. Quer conferir mais conteúdos como esse? Então siga a gente nas nossas redes sociais! Estamos no

Facebook e no LinkedIn.

 

 

A Pontomais é líder no mercado de Controle de Ponto e Gestão de Jornada. São de 5.000 empresas e 110.000 usuários em toda América Latina. Uma plataforma simples, econômica e segura. A solução mais moderna e inovadora para diminuir os processos burocráticos e assegurar de que as empresas estejam DENTRO DA LEI. Não perca tempo, CLIQUE AQUI, conheça a Pontomais e venha Rhevolucionar a gestão da sua empresa

Entre em contato conosco para conhecer nossos produtos e serviços. Até breve 🙂